Após reforma, restaurante universitário de Ondina reabre no dia 10

Download PDF

Restaurante Universitário, Ondina

A máxima de que toda casa precisa de manutenção também vale para os prédios públicos. No caso do Restaurante Universitário da UFBA, o RU, essa premissa deve ser atendida com mais rigor ainda, afinal, um local que produz em média cerca de 60 mil refeições por mês deve primar por oferecer boas condições de infraestrutura e higiene a usuários e trabalhadores.

Fechado no dia 11 de fevereiro de 2019 para manutenção preventiva e corretiva em suas instalações, o RU, no campus de Ondina, será reaberto nesta sexta-feira, 10 de maio. À frente da produção das refeições estará uma nova empresa, a PRM Serviços de Mão de Obra Especializada Eireli, vencedora da última licitação.

Uma vez reaberto, o RU volta a funcionar a todo vapor, todos os dias da semana, servindo almoço entre as 11h e as 14h, e jantar, das 17h às 20h. Nos finais de semana e feriados, como já acontecia, o encerramento do jantar é uma hora mais cedo, às 19h. O restaurante funciona durante todo o ano, inclusive durante as férias, e só tem interrupção durante o carnaval, em razão das dificuldades de acesso ao campus de Ondina, que fica no meio da folia.

Os bolsistas do serviço de residência universitária, auxílio moradia e auxílio alimentação têm direito a gratuidade nas refeições. Pelo novo contrato, o custo de R$7,70, no prato de almoço ou jantar, valor abaixo do contrato anterior, que era de R$10,45 – uma economia de 26%. Estudantes com matrícula ativa fazem jus ao preço popular de R$2,50, e o valor restante, R$5,20, é subsidiado pela UFBA. Professores, técnico-administrativos e terceirizados pagam R$ 7,70. Todos os usuários do RU devem apresentar documento com foto e, no caso dos profissionais, contracheque ou crachá.

ru-capa

Prédio do RU, no campus de Ondina

Todo o cardápio é elaborado pelo núcleo de segurança alimentar da Pró-reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil (Proae), que também atua como fiscal do contrato entre a UFBA e empresa vencedora da licitação. Critérios de composição de alimentos, modos de preparação, coloração e a necessidade alimentar da faixa etária são considerados na elaboração do menu, explica a equipe do núcleo, formada por quatro nutricionistas e dois técnicos em nutrição.

Reforma

A reforma do prédio do RU trouxe melhorias para o salão principal, para as salas de salada, de sobremesa, de caldeirões, de panelas, de sucos, de açougue, de estoque de suco, das câmaras, de nutricionista, de lavagem de bandejas, de recepção de alimentos, e de nutricionista, e para os vestiários masculino e feminino.

O trabalho, gerido pela Superintendência de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sumai), foi minucioso e abrangeu um total de 113 serviços. Teve troca de dutos e forro, de portas, ralos, aplicação de rejunte, pinturas, reparo de ar-condicionado, troca de registro, aplicação de tela em janelas, entre outros. A estrutura foi mantida intacta.

Durante o período que ficou em reforma, os bolsistas regulares do serviço de alimentação fizeram suas refeições nos pontos de distribuição de alimentos que a UFBA mantém no corredor da Vitória e em São Lázaro.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website