UFBA eleva mais uma vez sua pontuação no Índice Geral de Cursos do MEC

Download PDF
Reitoria 70 Anos - Cópia

Reitoria da Universidade Federal da Bahia

A Universidade Federal da Bahia alcançou 3,76 pontos no Índice Geral de Cursos (IGC), indicador de qualidade do Ministério da Educação (MEC) que avalia as instituições de educação superior.

É a maior pontuação já obtida pela UFBA, que vem melhorando ao longo dos últimos cinco anos seguidos nesse que é um dos principais indicadores oficiais de qualidade da educação superior brasileira.

Essa pontuação coloca a UFBA em primeiro lugar entre as universidades baianas, mais uma vez com conceito 4, na escala de 1 a 5 do IGC. Pelo critério adotado pelo MEC, o conceito 4 é atribuído às instituições que obtêm nota entre 2,95 e 3,94, e o conceito 5, a pontuações a partir de 3,95.

Consolidada no conceito 4, a UFBA vem se aproximando cada vez mais do patamar mais alto (5) desde 2014. Naquele ano, obteve pontuação 3,50; em 2015, 3,65; em 2016, 3,66; em 2017, 3,75; e em 2018, ano a que correspondem os dados mais recentes, 3,76.Atualizado no dia 12 de dezembro pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao MEC, o IGC é calculado anualmente. Leva em consideração a média obtida pelos cursos de graduação avaliados no último triênio, ponderada pela quantidade de estudantes; a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação atribuídos pela CAPES na última avaliação trienal, também em relação à quantidade de estudantes; e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website