Congresso da UFBA já tem mais de 5 mil inscritos; entenda como funcionará a programação

Download PDF

congresso

Em menos de uma semana, mais de 5 mil pessoas já se inscreveram no Congresso Virtual da UFBA, que acontece de 18 a 29 de maio de 2020.

A inscrição no Congresso é o primeiro passo para participar do evento em uma das três modalidades previstas – pôsteres de estudantes, mesas de debate e intervenções artísticas – , com direito a certificado.

À medida que o início do Congresso se aproxima, novos detalhes sobre a programação vão ganhando contorno mais bem definido. Além disso, novos convidados vão confirmando sua participação a cada dia.

A programação de atrações ao vivo do Congresso deverá ser dividida em três faixas de horário diárias – ou ‘slots’ – , nas quais acontecerão palestras, mesas e apresentações, em seis salas virtuais simultâneas (ou mais, se necessário). As atrações terão duração de 1 hora – no caso das apresentações de até três pessoas –  ou 1 hora e meia – caso das apresentações com 4 ou mais participantes. De segunda a sexta, a previsão é de que haja uma sessão pela manhã e duas pela tarde, sempre com a participação do público, por meio de comentários e perguntas aos expositores enviados através do chat da live.

Todas as mesas serão gravadas e ficarão disponíveis para quem desejar assistir à gravação em outros horários, ou após o término do Congresso. Elas se juntarão à programação gravada do Congresso, que inclui os pôsteres de estudantes às conferências ou mesas que os proponentes ou convidados prefiram enviar previamente.

Novos nomes

Nesta semana, mais quatro convidados garantiram presença no evento online: a filósofa norte-americana Judith Butler, o jornalista Luis Nassif, o professor da Coppe/UFRJ José Carlos Pinto e o coordenador-geral da Fasubra José Maria Castro. Na edição passada, o Edgardigital anunciou os nomes de cerca de 60 importantes convidados da cena intelectual e política nacional, que estarão presentes por meio de videoconferência.

Professora da Universidade da Califórnia, Judith Butler é tida como ícone mundial dos estudos sobre gênero, sexo, sexualidade, teoria queer, feminismos, corpos, discurso político e ética. A influência de sua obra se nota em diferentes disciplinas que investigam o social, sobretudo pela desconstrução radical de pensamentos que colocavam em oposição o feminino e o masculino, a natureza e a cultura, e sexo e o gênero. A autora esteve na UFBA em setembro de 2015, durante o II Seminário Internacional “Desfazendo Gênero”.

Luis Nassif acumula prêmios na área de jornalismo, sobretudo, na editoria de economia. Entre livros publicados, destacam-se: O Cruzado por Dentro do Choque (Cultura, 1986); Menino do São Benedito e Outras Crônicas (Senac, 2001); O Jornalismo dos Anos 90 (Futura, 2003); Os Cabeças-de-Planilha (Ediouro, 2007), e A Casa da Minha Infância (Agir, 2008).

José Carlos Pinto amplia a presença de convidados das ciências exatas. Professor titular do Programa de Engenharia Química do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Química do Instituto Militar de Engenharia, ele se formou em engenharia química na UFBA, em 1985.

José Maria Castro é o atual coordenador-geral da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnicos-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra).

Visite o site do Congresso – http://www.congresso2020.ufba.br/ – e inscreva-se!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website