Novo ambiente virtual Moodle, voltado às atividades do Semestre Suplementar, está aberto à comunidade UFBA

Download PDF
AVA Moodle - mobile

Home do AVA Moodle pelo acesso mobile (smartphone e tablet).

Já está disponível o ambiente de ensino e aprendizagem online concebido especificamente para o Semestre Letivo Suplementar (SLS 2020) da Universidade Federal da Bahia.

O AVA Moodle UFBA – também chamado de “novo Moodle” – traz como principais inovações a capacidade para mais de 20 mil acessos simultâneos; o acesso sem necessidade de cadastro, usando apenas usuário e senha de rede UFBA; um tour orientando sobre áreas e recursos configurados; um aviso indicando o término da sessão; a integração com a plataforma ConferênciaWeb da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP); e a opção de acesso à relação de estudantes inscritos na sua sala virtual, com possibilidade exportação para planilha eletrônica ou documento pdf.

Além de uma interface com design modernizado e configurações atualizadas, o novo ambiente, disponível em www.ava.ufba.br, foi estruturado e atualizado para dar suporte às atividades do SLS 2020, que começam em 09 de setembro. No entanto, “já estão em andamento procedimentos para criação das salas de aulas virtuais, elaboração e armazenamento do conteúdo das diversas disciplinas e para as matrículas dos estudantes”, informa o coordenador do Núcleo de Educação a Distância da Superintendência de Tecnologia da Informação da UFBA (Nead-STI/UFBA), Luciano Pinheiro.

Pinheiro explica que “a criação de um novo ambiente aconteceu, pois a comunidade UFBA demandava um ambiente com layout mais moderno há muito tempo, bem como uma versão mais nova do Moodle, que possibilitasse a instalação de plug-ins recém-lançados e atualizados”. Segundo o coordenador do Nead, “não era viável ajustar o ambiente moodle.ufba.br já existente, pois seria necessário fazer paradas no sistema, [que impactariam em] outras atividades de educação a distância [que] não pararam desde a interrupção das atividades, no último mês de março, devido à pandemia, como cursos das áreas de saúde voltados para o combate à covid-19”.

“Também não tivemos tempo hábil para ajustes, então, começar um sistema bem estruturado é mais viável tecnicamente do que fazer muitos ajustes em um que está em uso constante, ponderou o técnico”, explica Pinheiro, salientando que “era necessário atender, em pouquíssimo tempo, às resoluções e portarias da Universidade quanto ao SLS”.

Por exemplo, enquanto o Moodle anterior abrangia a comunidade UFBA e também a comunidade externa, com atividades voltadas às mais diversas finalidades, no novo AVA Moodle, o acesso é somente para a comunidade interna e não requer cadastro, bastando usar o usuário (login) UFBA. Para aqueles que não lembram seu login, o próprio ava.ufba.br traz uma página com informações de suporte técnico. Quem precisar recuperar a senha deve acessar o endereço autenticacao.ufba.br e, em caso de dúvidas, o HelpDesk UFBA pode ser acionado.

“O AVA Moodle, que está sendo chamado de ‘novo Moodle’, é o início de um projeto de integrações com outros sistemas, a exemplo do sistema acadêmico. Não houve tempo para integração agora, para o SLS, mas o projeto continua. Já entregamos o ambiente integrado à plataforma de webconferência da RNP. Este era um anseio também da comunidade universitária”, afirma Pinheiro.

O ambiente AVA Moodle está acessível à comunidade UFBA desde o dia 10/08. O curso Moodle Instrumental, ofertado pela Sead, voltado para o corpo docente, já está sendo realizado nesse novo ambiente. “É um treinamento muito importante, pelo fato de muitos docentes não terem conhecimento ou necessitarem de uma atualização quanto à utilização dos recursos que já existiam”, enfatiza a superintendente Márcia Rangel.

O webinário “Apresentação e Suporte do Novo Ava Moodle UFBA”, realizado na manhã de 17/08, mostrou as novidades e vantagens da utilização de principais funcionalidades da plataforma. O evento que contou com a participação dos expositores Haenz Gutierrez, Luciano Pinheiro, José Renato Gomes, Danilo Coimbra e Lanara Guimarães pode ser encontrado no canal da TV UFBA, no Youtube.

 

Design e interface renovados

“A estratégia adotada para o design da interface do novo ambiente é totalmente voltada para os usuários do sistema e abordou dois aspectos principais: a linguagem gráfica e a estrutura de navegação”, explica o responsável pelo novo layout do Moodle UFBA, professor Haenz Gutierrez.

Na linguagem gráfica, a estratégia consistiu em fazer valer o caráter institucional, destacou Gutierrez. “Desta maneira, foram adotados os símbolos e cores institucionais da UFBA e imagens relacionadas ao tripé ensino, pesquisa e extensão”.

AVA Moodle - capa

Home do AVA Moodle quando acessado de um laptop ou computador de mesa.

A estrutura de navegação explora os conceitos de organização, equilíbrio e affordance (acessibilidade). O suporte, os guias de utilização e os tutoriais, destinados a docente e alunos, foram reorganizados e ganharam destaque na página principal. “Há outros aspectos de atualização que dizem respeito à infraestrutura mais robusta e escalar, para suportar mais acessos simultâneos”, completou o professor.

 

Especificidades técnicas para uso das ferramentas

“O novo Moodle UFBA (ava.ufba.br) foi estruturado e atualizado de forma a suportar uma maior quantidade de acessos simultâneos, dentre outros aspectos técnicos. Não sabemos a demanda real prevista para o SLS até o final das matrículas (em 03/09/2020), portanto foi preciso antecipar algumas ações para dar suporte a qualquer cenário, com muitos usuários acessando ao mesmo tempo”, disse Luciano Pinheiro.

“Temos um Moodle (moodle.ufba.br), que está sendo chamado de antigo, mas na verdade, não é. O moodle.ufba.br está na versão 3.5 enquanto que o “novo” (ava.ufba.br) foi instalado na versão 3.8”, esclareceu Pinheiro. “Esta mudança significa que continuamos na família da versão 3.x, o que representa que não há mudanças no núcleo do sistema, mas adição de atualizações”, disse. Vale ressaltar que o “novo Moodle” (ava.ufba.br), tem todas as configurações e mesmos recursos para os professores, se comparado ao “Moodle antigo. Os ícones foram mantidos, bem como os recursos e atividades já conhecidos por aqueles que possuíam e possuem perfil de professor e tutor no Moodle UFBA.

Luciano conta que “nos preocupamos em mudar para uma versão do Moodle que se assemelhasse à anterior. Nesse sentido, não há necessidade de um treinamento [para quem já utilizava o sistema] por conta das novas funcionalidades. A utilização do Moodle é bastante intuitiva e nas atualizações de versão, a comunidade mantenedora do sistema (moodle.org), preserva as funcionalidades de modo que possa ser usado como nas versões anteriores”.

Quadro - Avanços do AVA MoodleO ambiente anterior, por exemplo, suportava menos de mil conexões simultâneas, enquanto novo ava.ufba.br foi projetado para suportar mais de 20 mil. Entre as principais atualizações, compreendidas como inovações, temos:

  • ao acessar um curso, pela primeira vez, é possibilitado ao usuário fazer um tour, exibindo as principais áreas e recursos configurados no ambiente;
  • agora, o Moodle envia uma mensagem na tela (pop up), avisando que a sessão irá expirar (antes, ao expirar a sessão, o usuário tinha a sensação de ainda estar conectado e só descobria ao tentar salvar algo e não conseguir);
  • o próprio docente no AVA agora tem a opção de acessar a relação de inscritos na sua sala virtual e exportar em planilha eletrônica ou pdf.

A sala de aula virtual somente será criada em ava.ufba.br se for voltada ao SLS e atender à resolução 01/2020 do CAE. Os docentes que optarem por seguir o cronograma de planejamento acadêmico (de 03 a 27/08/2020) terão suas disciplinas criadas de forma automatizada, a partir dos dados inseridos no SIAC e SIGAA: até o dia 03/09 serão informados os links de cada sala virtual. No entanto, para aqueles docentes que irão ministrar um componente curricular e já têm essa confirmação, foi aberta a possibilidade de solicitar antecipadamente a criação da sala virtual, pelo e-mail moodle@ufba.br.

Para sanar dúvidas consulte o FAQ Moodle ou a página do Suporte Técnico para o SLS.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website