Resíduos de óleo vegetal coletados na UFBA vão servir à produção de biodiesel

Download PDF

O primeiro ponto de recebimento de resíduos de óleo vegetal já está funcionando na Escola Politécnica da UFBA, no campus da Federação.  A inauguração aconteceu após a mesa redonda: “Descarte de Óleo Vegetal Residual de Fritura – Problemática, Desafios e Oportunidades”, realizada nesta semana, numa parceria entre o Projeto Biodiesel UFBA e a Coordenação de Meio Ambiente da Superintendência de Infraestrura e Meio Ambiente Coordenação da Universidade (CMA/SUMAI), no Auditório Leopoldo Amaral da Escola Politécnica.

De acordo com o coordenador de meio ambiente, professor Antonio Lobo, serão instalados mais seis pontos de coleta de resíduos, em vários locais dos campi da UFBA, que estarão aptos a receber doações da comunidade acadêmica e da cidade de Salvador, oferecendo uma alternativa para o descarte correto do material. O projeto que visa à preservação do  meio ambiente, também é uma prestação de serviço à comunidade acadêmica e à população soteropolitana, e destinará toda coleta dos resíduos de óleo de fritura para reciclagem e transformação em biodiesel com a meta de produzir biocombustível e utilizar nos veículos da própria Universidade.

A atividade que reuniu especialistas do Programa de Reciclagem de Óleo Vegetal Residual da UFBA – PROVER, debateu a importância do descarte ambientalmente adequado do óleo proveniente da fritura, mostrando as iniciativas da Universidade no combate à poluição, mediante o reaproveitamento desse resíduo poluente a fim de transformá-lo em biocombustível.

Brevemente, mas seis pontos de recepção de resíduos de óleo vegetal estarão funcionando nos seguintes locais:

1- Na Superintendência de Meio Ambiente e Infraestrutura, no campus de Ondina.

2- Nas proximidades da Reitoria, no campus do Canela.

3- No Restaurante Universitário, na Praça das Artes, em Ondina.

4- No campus de São Lázaro.

5- Nas proximidades da Escola de Administração e Faculdade de Educação, no Vale do Canela.

6- Entre o Instituto de Ciências da Saúde e o anexo da Faculdade de Medicina, no Vale do Canela.

*Notícia publicada originalmente pelo UFBA em pauta

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website