Acordo de cooperação formaliza parceria da UFBA com a organização do FSM 2018

Download PDF
Convênio 3

João Carlos Salles e Sonia Gomes Mota assinaram o acordo

A Universidade Federal da Bahia assinou, na tarde de sexta-feira (26/01), na Sala dos Conselhos da Reitoria da UFBA, acordo de cooperação técnica, científica, cultural e administrativa com a Coordenaria Ecumênica de Serviço (CESE), organização representante do conjunto de entidades realizadoras do Fórum Social Mundial 2018. Esse acordo formaliza a parceria entre a UFBA e o FSM, com vistas à execução do projeto “UFBA, Movimentos Sociais e Desafios da Contemporaneidade”, coordenado pela Pró-Reitoria de Extensão — PROEXT/UFBA. Assinaram o acordo o reitor da UFBA João Carlos Salles e a diretora executiva do CESE, Sonia Gomes Mota.

Damien Hazard representante estadual na Bahia da Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong), e que fez parte da mesa do ato, destacou a importância do FSM 2018: “ O Fórum Social Mundial é um grande passo na busca de uma sociedade mais equitativa, de justiça social e ambiental. É isso, no fundo que nos une, é a utopia e a mudança, a criação e a transformação. ”

Convênio 6

Damien Hazard: “Nos une a utopia e a mudança, a criação e a transformação.”

O FSM é uma oportunidade única de aprofundar as questões pertinentes a inúmeros campos de pesquisa e extensão, de reafirmar a Universidade enquanto instituição pública aberta à comunidade e de projetar os trabalhos aqui realizados em nível nacional e internacional. O documento normatiza atividades relacionadas ao Fórum Social Mundial, tradicionalmente voltado à discussão dos grandes temas mundiais, que será realizado nos campi da UFBA entre os dias 13 e 17 de março de 2018.

Sonia Gomes Mota recordou a primeira reunião, na mesma Sala dos Conselhos da reitoria, onde “estávamos todos ansiosos sobre como iria acontecer esse fórum, onde seria realizado, e de lá para cá demos grandes passos. Assinar esse acordo é um momento histórico para nós, porque é uma luta dos movimentos sociais. O reitor ter aberto ter aberto as portas da UFBA e dado a possibilidade de fazer esse Fórum em Salvador foi um grande passo para que a gente tivesse a coragem de trazê-lo para cá. ”

Convênio 1

João Carlos Salles: “Se outro mundo é possível, nenhum vale a pena sem uma universidade pública de qualidade. ”

Destacando a importância da relação entre a universidade e os movimentos sociais, João Carlos Salles declarou: “Eu creio que nós estamos dando mostras, ambos, que somos um, de que isso pode ser feito com plena parceria, com respeito mútuo completo, compreensão da autonomia e é isso que faz com que a universidade, oferecendo seu espaço, seja ao mesmo tempo um agente importante na organização do evento, um agente parceiro, que não quer tutelar e não vai tutelar, que não quer coibir, quer favorecer todo o desabrochar das suas potencialidades. “ E concluiu: “Se outro mundo é possível, nenhum vale a pena sem uma universidade pública de qualidade. ”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website