Com 30 projetos aprovados, edital ProCeao contempla o dobro do previsto

Download PDF

O Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA (CEAO) teve aprovadas 30 das propostas de pesquisa submetidas ao edital ProCREAO, voltado ao incremento de estudos e atividades do tradicional órgão complementar da Universidade. A aprovação ocorreu há três semanas.

ASC_3167

Prédio do Ceao, localizado no 2 de Julho (Foto: Murillo Guerra)

Em julho do ano passado, um novo regimento para o Centro foi sido aprovado por unanimidade no Conselho Universitário (Consuni): a unidade, que se encontrava em situação institucionalmente precária, voltou a ser um órgão complementar da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Em seguida, veio o edital, primeira de um conjunto de novas ações em favor da revitalização do CEAO.

“Por muitos anos, o CEAO ficou sem institucionalidade. O edital tem uma importância muito grande para a pesquisa e a extensão ligadas às culturas africana e do Oriente, para as quais o centro se volta. Todas as bolsas que estão sendo ofertadas servem para dar apoio a projetos de dentro dessa temática. O CEAO passa ser locus da produção científica nesse âmbito e precisa da presença e da vitalidade de pessoas para caminhar. Do ponto de vista da universidade, esse edital serve também para dar uma visão histórica da importância do CEAO, como braço da universidade”, comenta Joílson Rodrigues, coordenador pro tempore do centro.

Organizado pelas pró-reitorias de Pesquisa, Criação e Inovação (Propci), de Ensino de Pós-Graduação (Propg), de Extensão (Proext) e de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil (Proae), o edital iria contemplar 15 propostas, mas dobrou o número inicialmente acordado “em virtude do mérito geral das propostas e, sobretudo, devido ao firme interesse dessas pró-reitorias, como foi comunicado pelo próprio reitor João Carlos Salles, em trazer novo ânimo ao CEAO”, explicou o informe oficial do resultado da submissão de propostas.

“O ProCEAO foi uma ação extremamente positiva para um centro que é fundamental para a pesquisa na UFBA. A notícia do lançamento desse edital foi uma demonstração do compromisso da atual gestão com a pesquisa e o caráter social do centro. Fico satisfeito de ter sido contemplado pelas perspectivas oferecidas com o financiamento. Poder fazer parte da trajetória do centro, desenvolver novas linhas de pesquisa e formar estudantes e pesquisadores será muito gratificante”, comenta Marcelo Moura Mello, professor da UFBA e um dos 30 contemplados pelo edital, com o projeto “Núcleo de Pesquisa sobre o Caribe e as Guianas – diálogos a partir do Brasil”.

As  propostas financiadas foram divididas em dois grupos, um que terá recursos para a execução em 2018, e um segundo, com o financiamento para 2019. Foram obedecidos critérios de mérito e de propostas que teriam uma intervenção mais rápida e direta no CEAO.

Veja abaixo as tabelas das propostas aprovadas:

Resultados Grupo 1

Microsoft Word - Document1

Microsoft Word - Document1

Resultados Grupo 2

Microsoft Word - Document1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website