Um livro para chamar de seu

Download PDF

bora-ler_livros_ascom1Imagina chegar à universidade e se deparar com um livro prontinho para ser seu. A Reitoria e a Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba) realizaram nos dias 5 e 12 de setembro a ação de Caça-livros, parte do Programa de Incentivo à Leitura #BoraLer, que tem por objetivo valorizar e estimular o hábito da leitura entre os alunos da universidade.

Mais de 100 livros foram espalhados pelos campi Ondina, Federação e Canela, em embalagens com a mensagem “me leve”, indicando que quem os encontrasse poderia ficar com eles. As obras, de diversas áreas do conhecimento, foram distribuídas em mais de 25 unidades universitárias, considerando a adequação dos livros às unidades onde foram escondidos. Dentro das obras, havia, ainda, uma saudação do reitor João Carlos Salles.

Para divulgar a campanha #BoraLer, a Edufba e alguns estudantes realizaram, ainda, um flash mob no dia 5. Na hora do almoço, os participantes da performance recitaram poemas consagrados em frente ao Restaurante Universitário aos que estavam na fila. Tudo como um teaser para o Caça-livros.

O professor colaborador Fábio Gatti, do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFBA (PPGAV-EBA/UFBA), parabenizou a editora pela iniciativa. “É realmente importante esse tipo de ação dentro da universidade. Não pela gratuidade da oferta, mas pelo que essa doação à comunidade de estudantes representa nos dias de hoje, diante desse cenário político no qual vivemos”, destacou. O estudante de economia Dunezeu Campos brincou: “Melhor que Pokémon Go”, disse no Instagram.

Para a professora Flávia Rosa, diretora da Edufba, o programa sela um momento importante para a universidade. “Essa ação demonstra o compromisso e a preocupação da UFBA com a questão do acesso ao livro e à leitura”, destaca.

Foram dezenas de mensagens de apoio à ação, que levou os estudantes não só a se engajarem à procura de livros, mas também no fomento e no reconhecimento do hábito da leitura como enriquecedora.

Criada em 1993, a Edufba tem como finalidade a difusão da produção científica da Universidade, constituindo-se num canal de comunicação com a própria Instituição, bem como com a sociedade. Neste processo, há uma reciprocidade de influências que resulta não só no enriquecimento das partes envolvidas, como no estabelecimento de novas políticas acadêmicas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website