Quantidade de cursos da UFBA bem avaliados pelo MEC mais que dobra, em quatro anos

Download PDF
ufba-conquista

Comissão do MEC esteve no campus de Vitória da Conquista nesta sexta-feira, 28/09, para avaliação do curso de biotecnologia

De 40% para 92,3%. Esse foi o crescimento da quantidade de cursos de graduação da UFBA avaliados com nota 4 ou 5, notas de excelência, pelo Ministério da Educação (MEC) entre 2014 e 2016. Os dados evidenciam a melhoria na pirâmide de avaliação do MEC, cujos vértices são estrutura pedagógica do curso, características do corpo docente e infraestrutura.

“Nós podemos atribuir isso a um trabalho conjunto feito pelo colegiado de curso, diretores de unidade, pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), pela Superintendência de Avaliação e Desenvolvimento Institucional (Supad) e pela Superintendência de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sumai), que deu condições de fazer com que a qualidade da UFBA fosse melhor refletida por esses instrumentos de avaliação”, observou o pró-reitor de graduação, Penildon Silva Filho.

O MEC realiza visitas in loco e atribui conceitos aos cursos observados. Durante o mês de setembro, foram realizadas visitas aos cursos de artes plástica, que recebeu nota 5, oceanografia, com conceito 4, e regência, também avaliado com 4. Nesta sexta-feira, 28, o curso de Biotecnologia, do campus Anísio Teixeira, na cidade de Vitória da Conquista é que está sendo avaliado. Em geral, a comissão enviada pelo ministério divulga as notas num prazo de 10 dias.

“Não há como negar que ao longo dos anos a universidade está melhorando, embora a rapidez com que conseguimos fazer isso transparecer nas avaliações do ministério da educação se deva a esse trabalho conjunto, a essa sinergia entre todos esses setores”, reforça Penildon Silva Filho. Em sua opinião, a mobilização da universidade para mostrar seu corpo docente, seus projetos pedagógicos, suas inovações curriculares, “para demonstrar também as qualidades que temos do ponto de vista da estrutura física, da relação com a comunidade, tudo isso pôde ficar mais visível, e permitiu, inclusive, que a UFBA retomasse seu último posto de ser considerada a melhor universidade da região nordeste”, disse o pró-reitor.

enade

Os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) também são utilizados na conta do MEC para atribuir notas aos cursos. Entre os 13 cursos de graduação da UFBA que foram avaliados na edição de 2016, todos apresentam nota igual ou superior a 4, o que reflete melhor a qualidade dos cursos oferecidos pela Universidade.

Em 2016, os cursos de Farmácia, tanto em Salvador quanto no campus de Vitória da Conquista, obtiveram o conceito máximo (5). Os demais cursos receberam o conceito 4 na avaliação: Medicina, Nutrição, Enfermagem, Odontologia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Zootecnia, Serviço Social e Fisioterapia – em Salvador; e os cursos de Enfermagem e Nutrição – em Vitória da Conquista.

“Hoje já existe uma consciência por parte dos estudantes em participarem do Enade com responsabilidade e dedicação, respondendo questionários e questões da prova”, reflete Penildon Silva Filho ao lembrar que as notas obtidas refletem no curso de graduação e no diploma que o estudante irá obter uma vez formado.

Neste ano, o Enade terá sua prova aplicada em todo Brasil em 25 de novembro. A prova terá dez questões do componente de formação geral, comum a todos os estudantes, sendo duas discursivas e oito de múltipla escolha; e 30 questões nos componentes específicos de cada área, sendo três discursivas e 27 de múltipla escolha. No grau de bacharel os cursos avaliados serão: Administração, Administração Pública, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social – Jornalismo, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Design, Direito, Psicologia, Relações Internacionais, Secretariado Executivo, Serviço Social, Teologia, Turismo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*
*
Website